Sono no volante? Veja como se livrar desse perigo!

4 minutos para ler

A vida de caminhoneiro não é nada fácil. Por mais acostumado e experiente que seja o profissional, somente quem vive essa rotina sabe o quão cansativa ela é. Desse modo, sentir sono no volante é um problema bastante comum entre os motoristas, visto que traz grandes riscos. Pesquisas apontam que 20% dos acidentes de trânsito são causados pela sonolência ao dirigir.

Se você também tem enfrentado essa fadiga excessiva durante as viagens, saiba que é importantíssimo descobrir como reconhecê-la e o que fazer para evitá-la. Então, continue a leitura do post para entender como se manter alerta e viajar com segurança.

Não viaje sem dormir bem

Uma das maneiras mais eficientes de não sentir sono no volante é dormindo bem na noite anterior. Mas não basta dormir, é preciso ter um descanso de qualidade. Os efeitos de uma noite bem dormida favorecem a saúde por completo e farão com que você se sinta bem disposto.

Crie uma rotina de sono, ou seja, procure dormir cedo, no mesmo horário e sem interrupções. Não fique exposto a barulhos e desligue todas as luzes do quarto, inclusive a da televisão e a do celular. Um banho quente antes de dormir também é uma ótima ideia, pois ajuda a relaxar e induz ao sono.

Alimente-se adequadamente

Refeições pesadas e de difícil digestão, bem como o jejum, nos deixam mais sonolentos. Por isso, evite essas situações durante as suas viagens. Também é importante destacar que o organismo precisa de uma série de nutrientes para funcionar corretamente e manter a saúde.

Mantenha uma dieta equilibrada e bem nutritiva para que o seu corpo receba todas as substâncias necessárias. Varie o seu cardápio e capriche principalmente no consumo de verduras e legumes.

Alongue-se durante as viagens

Por mais que a tecnologia tenha trazido uma série de benefícios à rotina do caminhoneiro, como o conforto ao dirigir, é essencial fazer paradas estratégicas ao longo do percurso para alongar o corpo, esticar as pernas e aliviar a tensão de manter-se por muito tempo em uma mesma posição. Portanto, planeje algumas paradas durante as viagens e aproveite esse tempo para se movimentar, pois isso ajuda a manter o corpo alerta e fará com que você dirija em segurança.

Mantenha-se bem hidratado

Muitas vezes, mesmo dormindo bem, cuidando da alimentação e fazendo paradas, o corpo pode se sentir mais cansado. Isso pode ser causado pela desidratação, cujos sintomas incluem a sonolência.

Esse problema é bem simples de ser combatido. Esteja sempre com uma garrafinha de água à mão e beba bastante líquido durante o seu percurso. Não espere sentir sede para tomar água, pois esse já é um sintoma de que o corpo está se desidratando.

Evite determinados medicamentos

Alguns remédios, mesmo os mais comuns e aparentemente inofensivos, como um analgésico para dor de cabeça ou um antigripal, podem afetar o organismo a ponto de causar forte sonolência ou falta de atenção. Antes de tomar qualquer medicação, leia atentamente a bula, principalmente sobre os efeitos colaterais.

Procure não ingeri-los ao pegar a estrada. Caso seja um medicamento para tratamento contínuo de saúde, converse com o médico que o receitou e peça para que, se for possível, seja feita a substituição por outro que não cause fadiga.

Vale lembrar que, sempre que você sentir a cabeça balançando, estiver bocejando bastante e sentir as pálpebras pesadas, é fundamental parar o caminhão imediatamente, pois esses são sintomas de sonolência. Não lute contra o sono. Pare e descanse até que se sinta melhor. Há vários lugares seguros nas rodovias onde você pode parar tranquilamente e descansar pelo tempo que precisar.

Como você viu, não é difícil evitar o sono no volante, mas é preciso fazer das dicas deste post hábitos em sua vida. Assim, você viajará sempre com disposição e segurança e evitará o risco de acidentes.

Gostou deste artigo? Então, curta a nossa página no Facebook e acompanhe todas as nossas publicações!

Posts relacionados

Deixe um comentário