O que é reparador de pneu e quando usá-lo? Descubra!

6 minutos para ler

Você já deve ter passado por situações bem difíceis enquanto estava ao volante. Uma delas é a descoberta de um furo no pneu. Provavelmente, ele já estava lá há mais tempo, você só percebeu depois que o pneu começou a esvaziar. Nesse caso, a necessidade de um reparador de pneu se torna urgente para conseguir chegar até uma oficina.

Essa situação é muito comum e acontece em qualquer lugar. Os fatores que levam a isso são inúmeros. Mas é possível solucionar o problema sem que ele se torne um grande transtorno. No mercado voltado para automóveis, há um produto que faz o que promete: consertar seu pneu!

Ficou curioso para saber o que é? Então, continue a leitura deste post e veja como você pode se beneficiar desse produto em situações de emergência. Confira!

Os furos no pneu e como se prevenir

Vários são os fatores que podem causar um furo no pneu. Alguns, por culpa do estado das vias de rodagem e outros, por conta do próprio motorista. Parafusos, pregos, arames, cacos de vidro e outros objetos podem prejudicar e causar um furo.

Também pode ser ocasionado pela má conservação do item. Baixa pressão, o popular pneu murcho, pode ser o “X” do problema, do mesmo modo que pneus carecas, que podem acarretar esse tipo de situação. O estado de conservação da roda é outro item que pode avariar o pneu, por isso, é fundamental ficar atento aos amassados.

Novos produtos

Atualmente, há uma variedade de novos produtos com alta tecnologia que auxiliam na prevenção de falhas. Pneus sem câmara são mais seguros para os motoristas. Se houver um furo por um prego, por exemplo, ele perde pressão aos poucos, enquanto o com câmara estoura.

O reparador de pneu é outro produto de engenharia que veio para socorrer os condutores. Atua promovendo um preenchimento que impossibilita que o item perca mais pressão quando furado. Esse produto tampa o furo imediatamente e impede que o pneu perca mais pressão.

O que faz um reparador de pneu

O reparador é elaborado com a mais alta tecnologia para fazer reparos em pneus. Contudo, não pode ser qualquer reparo: para furos de até 5 milímetros, é um excelente produto e cumpre bem o seu papel.

Ele é apresentado em forma de spray e, quando você introduz no furo, ele enche o pneu com algumas libras de pressão. Isso é o suficiente para você sair de onde está para ir até uma oficina.

Outra funcionalidade do reparador é que ele é viscoso e, enquanto ele injeta gás no pneu, promove o fechamento do furo, cessando imediatamente o vazamento.

Como utilizar

Um carro consegue rodar por determinado tempo, mesmo com o pneu furado. Em seguida, o condutor sente a direção pesada e o veículo começa a apresentar alguns problemas com os freios, além de dificuldade de desviar de obstáculos.

Nesses casos, o importante é parar o carro o mais rápido possível. Porém, na estrada, há diversos trechos em que não se consegue encontrar um local seguro. Não desanime: para garantir sua segurança, dirija em baixa velocidade até encontrar um local adequado para você parar.

Ligue o pisca alerta, posicione o triângulo na posição e na distância recomendada. Após parar e sentir que está em um local seguro, prepare para manusear o spray. A seguir, os passos para você reparar um furo. Confira!

  • localize o furo e remova o objeto. Se estiver difícil de tirar, utilize um alicate;
  • lembre-se de que os reparos são limitados ao centro do pneu;
  • coloque o bico do reparador na válvula, pressione o spray até que o pneu esteja cheio novamente;
  • dirija até um posto de combustível e calibre os pneus.

O spray funciona injetando um gás no interior do pneu que ganha, em poucos segundos, algumas libras de pressão. Elas serão suficientes para você dirigir até fazer uma nova calibragem e, assim, chegar a seu destino ou oficina. Funciona também tampando o furo para não murchar novamente. Entretanto, há situações em que é melhor substituir o pneu furado pelo estepe do que fazer o reparo:

  • quando o furo estiver na lateral;
  • furo no local onde já sofreu reparo anteriormente;
  • em furos maiores que 5 milímetros;
  • danos causados por uma colisão ou quando apresenta cortes;
  • se o pneu está furado há muito tempo.

A importância de ter um reparador no veículo

Não faltam motivos para você manter um spray no seu carro. A principal razão deve ser a prevenção. Imagine você viajando com a família e o pneu fura. Nesses casos, geralmente, o carro está com o porta-malas lotado e, mesmo que você seja um motorista bem cuidadoso (antes de viajar, você calibrou os pneus e também o estepe), agora que você precisa dele, é muito complicado retirar e fazer a troca.

É em situações como essa que entra o reparador. Não tem necessidade de tirar as malas e deixar todas na beira da estrada e, ainda correndo risco. Basta colocar o bico do spray na válvula do pneu e pronto: ele estará reparado e podendo seguir com a viagem!

Não se esqueça de que o reparo é emergencial. Portanto, assim que você chegar ao seu destino, procure uma oficina para fazer a troca. Não abuse, mantenha uma velocidade média e constante.

Como vimos, a utilização do reparador é muito vantajosa em situações de emergência. Agora, pensar que vai ser preciso sujar a roupa para trocar pneu furado pelo estepe já representa um imenso aborrecimento, certo?

Pense: você está vestido de modo formal e atrasado à reunião do trabalho, mas de repente o pneu fura! Ou então, cai uma chuva daquelas e você precisa trocar o pneu? São muitas situações em que a sua utilização facilita a vida do condutor. Como já falado, seu uso é emergencial, nada substitui a troca do pneu, ok?

Você gostou deste post sobre o reparador de pneu? Então, siga nossas páginas nas redes sociais e aproveite para ficar atualizado com mais conteúdos interessantes sobre a vida em quatro rodas. Estamos no Facebook e no Instagram!

Posts relacionados

Deixe um comentário