6 dicas para reduzir custos de manutenção de carro

6 minutos para ler

A manutenção de carro está entre as maiores despesas pessoais que você pode ter. A despeito de toda comodidade e praticidade que um veículo proporciona, quem depende dele para trabalhar certamente padece com os gastos. No entanto, o fato é que há várias maneiras de economizar com as revisões.

Além disso, algumas precauções podem ser tomadas a fim de reduzir esse custo e transformar a economia em lucro no decorrer do tempo. São pequenas atitudes realizadas no dia a dia do motorista que, quando empregadas de maneira correta, trazem mais qualidade e evitam gastos ou prejuízos à conservação do automóvel.

Quer saber como reduzir custos com a manutenção do seu veículo? Então, confira 6 dicas que podem ajudar a gastar menos a cada quilômetro rodado!

1. Verifique se os pneus estão sempre alinhados e calibrados

O alinhamento é um serviço essencial que deve ser realizado quando você sente algum problema em conduzir o automóvel em linha reta e quando o veículo começa a arrastar para um dos lados. Entretanto, o desgaste irregular dos pneus é outro sinal de que o carro não está com o alinhamento em dia.

A finalidade desse procedimento é ajustar o ângulo das rodas e, assim, manter as perpendicularidades ao solo e paralelas entre si. Caso alguma esteja empenada, precisa ser reparada antes para que o alinhamento seja executado corretamente.

A calibragem é outro cuidado que você precisa ter. Ela deve ser feita, pelo menos, a cada 15 dias e com os pneus frios. A pressão é recomendada pelo fabricante e, conforme o peso transportado, altera-se, por isso, não deixe de consultar o manual do proprietário. 

2. Faça a manutenção de carro preventiva

O objetivo da manutenção preventiva é a antecipação das ocorrências e programação das revisões. Os reparos devem ser realizados antes que algum problema apareça, reduzindo assim, a possibilidade de panes em alguma peça do carro. Um motor ou uma peça em mau estado ou, com o funcionamento comprometido por algum dano, pode trazer grandes prejuízos, pois a corretiva é muito mais cara.

Contudo, ainda mais importante que a economia é a segurança que a revisão em dia proporciona. Agora, se você decidir esperar que a luz de alerta acenda no painel, pode ser muito tarde. Você corre o risco de precisar de um socorro, pagar por um reparo caro e, em alguns casos, comprometer a sua segurança e a de sua família.

3. Troque as marchas corretamente

Use as marchas de forma correta. Sabia que o uso acertado do câmbio tem ação direta na vida útil do motor? Rotações muito altas aumentam o consumo e o ruído. Evite as trocas na faixa vermelha, que é o limite de giro. Esse procedimento, quando é realizado com muita frequência, provoca um gasto enorme nos componentes. 

Outro péssimo hábito é o de mantê-lo em ponto morto em descidas. Nos modelos mais novos, isso aumenta o desgaste de algumas peças, como a bomba e os injetores de combustível, além do consumo. Diante disso, o motor é mantido em uma marcha reduzida, mas sem cortar o fornecimento de combustível. 

Quando é mantido engrenado, a central faz a análise exata, entendendo que não é preciso alimentar o motor para que o automóvel se mova e diminuindo o desgaste e o consumo.

4. Verifique os fluidos do freio

A revisão deve ser feita regularmente, segundo o manual do proprietário. Geralmente, a recomendação é realizar a troca a cada dois anos ou a cada 10 mil quilômetros rodados, ou o que vier antes. A principal função do fluido de freios é transmitir a força realizada sobre o pedal até as pastilhas, as quais, com os demais equipamentos, farão com que o veículo pare de se movimentar.

O fluido lubrifica a tubulação do sistema de freios. Logo, quando a troca periódica não acontece, é possível verificar um desgaste das peças metálicas. Contudo, é fundamental que o sistema de freios funcione com altas temperaturas, pois quando você freia muitas vezes, e por muito tempo, o fluido absorve a umidade do ar e muda sua composição.

5. Examine o óleo do motor

Checar o óleo também faz parte dos cuidados, sempre confira o nível do óleo utilizando a vareta. Realize a troca respeitando os prazos estabelecidos no manual do proprietário, pois, o óleo vencido, aquele que perdeu a viscosidade, compromete o funcionamento do motor. Além de lubrificar, refrigera, evita o atrito entre as peças do motor e promove uma limpeza completa nas partes internas e, garante seu desempenho com alta performance.

Na ocasião da troca do óleo, não esqueça de verificar o estado do filtro, se for necessário, faça a troca. A finalidade do seu uso é de eliminar as partículas de metal, provenientes do atrito entre as peças do motor. A troca deve ser efetuada, geralmente, a cada duas trocas de óleo.

Com mais um desses cuidados, você economiza no combustível e evita que seu automóvel emita poluentes de forma descontrolada. Siga atentamente as recomendações do fabricante com relação à troca do lubrificante e do filtro. Faça a opção por composições recomendadas no manual ou outro de qualidade superior.

6. Tenha atenção ao sistema de arrefecimento 

Analisar o sistema de arrefecimento também faz parte dos cuidados com o carro. Esse sistema é o que refrigera o motor do veículo. Caso ele não esteja funcionando bem, o motor poderá aumentar o consumo de combustível e, na pior das hipóteses, comprometer os itens da junta do seu cabeçote.

Portanto, verifique o nível da água no reservatório de expansão. As quantidades devem estar compreendidas entre os limites do tanque. Se você constatar que a reposição de água é muito frequente, procure uma oficina de sua confiança e faça um diagnóstico preciso.

As dicas apresentadas no texto foram as que consideramos mais essenciais para a manutenção de carro. Portanto, seguindo essas informações, certamente, você desembolsará menos dinheiro no momento de levá-lo à oficina, além de prolongar a vida útil do seu automóvel. Pense nisso!

Então, gostou das dicas para reprimir os custos com a manutenção de carro? Aproveite e compartilhe este post com seus amigos nas redes sociais!

Posts relacionados

Deixe um comentário